Outro dia disseram-me que "ao longo das nossas vidas temos que fazer escolhas só é pena que algumas só sabemos se foram certas ao fim de algum tempo"...

Esse é realmente um dos meus problemas: fazer uma escolha. Penso, volto a pensar e tento adiar o mais possivel. Depois da decisão tomada e mesmo que esta se mostre a mais acertada é frequente pensar "e se tivesse ido pelo outro lado onde estaria agora?". Não é que me arrependa das minhas decisões e escolhas, nem mesmo das que se mostraram completamente desastradas, mas uma escolha implica perda. E se eu pudesse ficava com tudo: com o certo e com o errado, com o que me faz bem e com o que me faz mal....

 

Por isso, sempre que posso, deixo que seja a vida a escolher por mim... talvez porque assim possa ficar isenta e o culpado seja o destino. Mas às vezes tenho que ser mesmo eu a responsável pelo meu caminho! Nessas alturas, talvez seja demasiado impulsiva, mas se não for assim perco toda a coragem e deixo as situações arrastarem-se sem fim...

Por mais que custe, por mais que doa...a escolha está feita e a decisão está tomada... Só o tempo dirá quais as consequências...

publicado por abelhinha às 13:20